Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez, participa de ato pró-Bolsonaro em Brasília; veja

Publicado em 24 maio, 2020

O ex-ator e atual pastor Guilherme de Pádua, que foi condenado a 19 anos e seis meses de prisão pelo assassinato da atriz Daniella Perez, em 1992, participou do ato golpista organizado pelos apoiadores do governo Bolsonaro, neste domingo (24), em Brasília.

O ex-ator global postou em suas redes sociais um vídeo sobre a manifestação esvaziada dos bolsonaristas.

“Estamos indo ali pra manifestação, é isso mesmo, o Brasil precisa mudar. Esses políticos corruptos, esses esquemas de tetas públicas, que o pessoal fica só explorando o povo brasileiro. E o dinheiro e as melhorias não chegam na mão do povo, não chegam vida do povo. Se deus quiser o brasil vai mudar, não é, amor?”, disse ele no vídeo.

LEIA TAMBÉM:

Líder do governo Bolsonaro no Senado ‘cobra’ demissão de Weintraub

Brasil tem 363 mil casos confirmados de coronavírus e 22 mil mortes

Brasil tem 363 mil casos confirmados de coronavírus e 22 mil mortes