Em Brasília, ato de servidores leva boneco inflável de Bolsonaro com as mãos suja de sangue

Um ato de protesto de servidores federais, principalmente da Saúde, exigindo mais investimentos públicos no combate ao coronavírus contou com um boneco gigante inflável do presidente da República, Jair Bolsonaro, na manhã desta terça-feira (12), em Brasília.

O protesto foi realizado em repúdio ao comportamento de Jair Bolsonaro diante das milhares de mortes no país e contra o seu incentivo ao fim do isolamento social, na contramão das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os servidores federais, da saúde e ativistas realizaram o ato simbólico no Dia da Enfermagem, na Torre de TV de Brasília, em solidariedade às famílias dos quase 12 mil mortos em decorrência da covid-19 no Brasil.

LEIA TAMBÉM:

CUT decide reforçar articulação pelo ‘Fora, Bolsonaro’

Dia da Enfermagem: Brasil é o país com mais mortes de enfermeiros por Covid-19

Argentina prorroga quarentena até 24 de maio

Os manifestantes exigem mais investimento na área da saúde, fila única dos leitos no SUS e valorização dos profissionais de saúde do país.