Desaprovação a Bolsonaro e avaliação negativa de governo sobem durante pandemia, diz pesquisa

A desaprovação ao desempenho pessoal do presidente Jair Bolsonaro e a avaliação negativa do governo registraram um salto em maio, mostrou pesquisa do instituto MDA para a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) divulgada nesta terça-feira.

De acordo com o levantamento, a avaliação ruim ou péssima do governo subiu para 43,4%, ante 31% registrados em janeiro deste ano.

LEIA TAMBÉM:
OAB pode pedir impeachment de Bolsonaro antes do fim do inquérito no STF

Bolsonaro promete novo projeto contra a ‘ideologia de gênero’; assista

Os perigos e os traumas de uma intervenção, por Enio Verri

A avaliação positiva foi para 32%, ante 34,5% em janeiro, enquanto a regular foi a 22,9%, ante 32,1%.

Já a desaprovação do desempenho pessoal de Bolsonaro subiu para 55,4%, de 47% anteriormente, enquanto a aprovação caiu para 39,2%, em comparação a 47,8% em janeiro.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas entre os dias 7 e 10 de maio, em 494 municípios de 25 Unidades da Federação. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Com informações da Agência Reuters.