Coronavírus: Quarentena prorrogada no estado do Rio até 31 de maio

O governador Wilson Witzel prorrogou até o dia 31 de maio as medidas de distanciamento social no esfoço para conter a expansão do novo coronavírus em todo o Rio de Janeiro. A informação foi publicada pelo Blog do Camarotti, do portal de notícias G1. A validade do decreto anterior venceria na próxima segunda-feira (11).

Witzel formou um grupo de estudos para examinar a possibilidade de adoção do “lockdown” no estado, com previsão de entrada e saída.

LEIA TAMBÉM:

Globo: Brasil pode ter passado os EUA em número de casos de coronavírus

Lockdown. Que bicho é esse?

Brasil tem novo recorde com 751 mortes por Coronavírus em 24 horas

Segundo o secretário da Casa Civil do Estado, André Moura, “a saúde é mais importante. Economia você recupera. Se for necessário, vamos aplicar (o lockdown), mas não neste momento, porque as medidas de isolamento já são muito duras e vamos aumentar a fiscalização para cumprimento das medidas de isolamento”.

Ainda de acordo com as informações publicadas pelo jornalista Gerson Camarotti, o governo do estado, o Rio de Janeiro deve perder R$ 10,6 bilhões em arrecadação com Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e R$ 4 bilhões com royalties neste ano em razão da pandemia de coronavírus.