Carla Zambelli diz que Moro não se vendeu pois “já estava vendido”

A deputada Carla Zambelli (PSL-SP), afilhada de casamento do ex-juiz Sérgio Moro, está em rota de colisão com o padrinho.

Moro elogiou a operação de busca e apreensão da Polícia Federal realizada hoje, assim como a apuração dos desvios na saúde do Rio de Janeiro em operação de ontem, terça-feira (26). O ex-ministro escreveu:

“A Polícia Federal tem que trabalhar com autonomia.Que sejam apurados os supostos crimes no RJ e também identificados os autores da rede de fake news e de ofensas em massa. Diante das denúncias de interferência na PF, o Min.Alexandre manteve os delegados que estavam na investigação.”

Zambelli respondeu indignada:

“Prezado, vc acha justo o que estão fazendo com cidadãos comuns? Com jornalistas? Esse era você o tempo todo? Meu Deus, como pode alguém se esconder por tanto tempo e tão bem? Liberdade, democracia…. nada disso vale pra você? Você não estava à venda, pq JÁ ESTAVA VENDIDO.”

Confira a print do tuíte:

A deputada tem razão. Sérgio Moro fez parte do governo Bolsonaro desde antes da vitória no segundo turno em 2018. Tempo demais para se diferenciar do modus operandi bolsonarista.

LEIA TAMBÉM
Brasil passa dos 400 mil casos e das 25 mil mortes por Coronavírus em 27/05

Prefeito de Manaus prepara queixa-crime contra Bolsonaro que o chamou de b****

Sara Winter diz que Alexandre de Moraes é “safado, covarde e pilantra”; assista