Bolsonaro pressiona pela volta do futebol no Rio para ‘quebrar’ quarentena

Publicado em 22 maio, 2020

O presidente Jair Bolsonaro continua pressionando pela volta do futebol no estado do Rio de Janeiro. Em live nesta quinta-feira (22), Bolsonaro afirmou que conversou sobre o tema com Marcelo Crivella em reunião no Planalto.

Bolsonaro pressiona o prefeito do Rio de Janeiro para que autorize a volta do Campeonato Carioca. “Em um primeiro momento, tinha muito jogador que era contra. Agora já tem um outro entendimento dos jogadores, obviamente sem torcida. Está nas mãos do prefeito Marcelo Crivella isso”, disse o presidente.

Segundo Bolsonaro, o Ministério da Saúde, atualmente sob o comando interino do general Eduardo Pazuello também é favorável ao retorno do futebol, desde que sem público nos estádios. O órgão pode emitir um novo parecer sobre o tema nos próximos dias.

LEIA TAMBÉM:

Enem encerra inscrições nesta sexta-feira

Lula recebe o 36º título de Doutor Honoris Causa na Argentina

Governo Bolsonaro é desaprovado por 70,4% em Salvador (BA), diz pesquisa

“No que depender do Ministério da Saúde, o ministério também é favorável a dar um parecer nesse sentido. Para que a gente possa assistir a um futebolzinho no sábado, domingo – afirmou. – Os jogadores querem. O que interessa é isso: os jogadores querem voltar a jogar. E afinal de contas, não sabe até quando vai esta pandemia e todo mundo pede por isso aí. Espero que o Marcelo Crivella resolva autorizar a volta do campeonato Carioca. Espero que o mesmo aconteça nos demais estados”, acrescentou Jair Bolsonaro.

A pressão do presidente, que realiza uma campanha contra as medidas de isolamento social, é uma forma de quebrar a quarentena, esvaziando os esforços do governo estadual diante do avanço da pandemia do coronavírus.

O estado do Rio de Janeiro tem quase 40 mil infectados e mais de 3 mil mortes pelo novo coronavírus.