Bolsonaro gera aglomeração em posto de gasolina em Goiás

O presidente Jair Bolsonaro voltou a cumprimentar apoiadores e comerciantes e a gerar aglomerações neste sábado (02) ao visitar um posto de gasolina perto da cidade goiana de Cristalina. Ele estava de máscara, assim como a maioria das pessoas em sua volta, mas imagens mostram que tanto o mandatário como a população tiravam os itens para fazer fotos ou conversar.

Tais passeios e aglomerações, que contrariam as orientações de especialistas e da Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter o avanço do coronavírus, têm se tornado frequentes por parte do presidente, que defende o fim do isolamento social e o retorno da população ao trabalho.

LEIA TAMBÉM:
Apoiadores de Bolsonaro e Moro protestam em Curitiba

Vazam as perguntas que a PF irá fazer para Moro; confira

Bolsonaro chama Moro de ‘Judas’

Em relação às máscaras, autoridades sanitárias advertem que pessoas que estiverem usando esses itens não devem tocá-los nem puxá-los para cima ou para baixo durante o uso. Em caso de toques acidentais, deve-se lavar as mãos imediatamente.

Além disso, segundo especialistas, tocar boca, olhos e nariz é uma das principais formas de ser infectado e de propagar o vírus. Em certo momento neste sábado, Bolsonaro chegou a passar a mão no nariz e depois cumprimentou apoiadores com a mesma mão.

Assista ao vídeo:

As informações são da DW