Sobe para 2.372 mortes por coronavírus no Brasil em 19 de abril

Presidente Jair Bolsonaro participou neste sábado (18), em Brasília, de manifestação pelo fim do isolamento social e abertura do comércio.
As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 7h30 deste domingo (19), 36.925 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 2.372 mortes.

O maior número de casos ocorreu em São Paulo: o estado agora tem 13.894 casos e 991 mortes. Em seguida vem o Rio de Janeiro, com 4.543 casos e 387 mortes.

Curitiba registra 401 casos confirmados de covid-19 e nove mortes, de acordo com o boletim nº 28 da Secretaria Municipal de Saúde, às 16h39, deste sábado (18).

No mundo são 2,359.346 de casos confirmados e 161.951 mortes em 210 países, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Nas últimas 24 horas, o Reino Unido foi o país que mais teve novas mortes (596), seguido da Espanha (410) e Bélgica (230).

Médico bolsonarista contrário ao isolamento morreu de Covid-19
Segundo a Revista Fórum, Marson fez o teste do coronavírus em 29 de março e o resultado saiu em 3 de abril. Ele estava internado em um hospital particular de Mossoró desde o dia 1º.

Antes de saber da doença, o médico pregava o fim do isolamento social nas redes sociais; além postar ataques ao ex-presidente Lula, ao PT e de apoiar Bolsonaro.

Em postagem no dia 25 de março, quatro dias antes de saber que estava com coronavírus, ele compartilhou uma publicação apontando que somente idosos deveriam ficar em casa, e que adultos deveriam voltar ao trabalho. A postagem ainda continha a hashtag #BolsonaroTáCerto.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro posta capa do Estadão para dizer que as pessoas devem sair de casa e pagar suas contas

Carluxo está no comando dos ataques contra o ‘Botafogo’ Rodrigo Maia

Roberto Carlos faz live para comemorar 79 anos; veja onde e como assistir online

Janaina Paschoal revela que teve Covid-19 e achou que ia morrer
A deputada Janaina Paschoal (PSL-SP) revelou que contraiu o Coronavírus e que ainda não está totalmente recuperada. Ela foi internada duas vezes e que pensou que iria morrer.

A revelação foi feita ao Blog O Antagonista neste sábado (18). “É uma doença que castiga muito. Ninguém que teve consegue dizer com tranquilidade ‘estou curado’. Ela tem um impacto físico muito grande”.

“Amados, depois de um bom tempo, desde o convite, consegui participar desse diálogo com Felipe Moura Brasil. Eu tive COVID 19. Já estou IGG positivo. Isso significa que já tenho os anticorpos. Salvo os dias em que tive algumas complicações, consegui participar das sessões on line.”

“É como se houvesse um caminhão sobre o peito. Acreditem na necessidade de prevenir, de adotar o distanciamento social, de fazer o isolamento. Mesmo aqueles que têm visão diferente, peço que respeitem os profissionais que estão no front, se expondo, expondo as famílias por nós!”

“Força para quem está enfrentando esse nosso desafio, lutando pela vida, como paciente e como cuidador: médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas, responsáveis pela limpeza dos hospitais e tantos outros. Todo meu amor e reconhecimento!”

Bolsonaro participa de manifestação contra o isolamento em Brasília
O presidente Bolsonaro participou mais uma vez neste sábado (18) de uma manifestação em frente ao Palácio do Planalto contrária ao isolamento social.

Bolsonaro transmitiu através de sua página no Facebook a manifestação e acabou fazendo um discurso apoiando o fim do isolamento social. A manifestação incorporou um discurso religioso com a bandeira contrária ao aborto.