PGR pede diligências contra deputados bolsonaristas que participaram de manifestação golpista


Deputados federais bolsonaristas e os organizadores do ato golpista realizado no último domingo (19) contra a Constituição serão investigados a partir de um inquérito aberto pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes. As manifestações de caráter criminoso pediram um novo AI-5 e o fechamento do Congresso e do STF.

Investigadores relataram ter reunido “indícios veementes de autoria” contra os parlamentares que, além de “participarem ativamente” da organização dos protestos, contaram com ajuda de pessoas de fora do Parlamento para conspirar contra as instituições da República. Manifestantes pediam o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal.

LEIA TAMBÉM:

Bancadas de deputados e senadores do PT na campanha pelo ‘Fora, Bolsonaro’

Tragédia do Coronavírus em Manaus com valas comuns e frigorífico para corpos

PT e Lula aprovam o ‘Fora Bolsonaro’ no Dia de Tiradentes

Os relatos de investigadores foram dados à coluna Radar da Veja. Um deles afirmou que os elementos reunidos no inquérito ainda não fundamentariam pedidos de prisão, mas apenas de buscas. “Mas não tenha dúvida de que iremos pedir a prisão, se os elementos para tal medida surgirem”, informou.