Marta Suplicy se filia ao Solidariedade e quer ‘frente ampla’ em São Paulo


Marta Suplicy, ex-prefeita de São Paulo, se filou ao Solidariedade nesta quinta-feira (2). A filiação a um partido até 4 de abril, segundo as regras da Justiça Eleitoral, era o primeiro passo para que Marta pudesse concorrer à Prefeitura de São Paulo nas eleições deste ano.

Em nota, a ex-prefeita paulistana fala da necessidade de “uma frente ampla para a disputar as eleições de 2020”. Ela também segue mantendo contatos políticos com dirigentes do Partido dos Trabalhadores (PT).

Marta, que já foi do PT, estava sem partido desde que deixou o MDB, em agosto de 2018.

LEIA TAMBÉM:

#LulaDoria é a síntese do ciúme e do isolamento bolsonarista

Bolsonaro enrolou e não publicou a sanção do auxílio de R$ 600

Janaina Paschoal dá ultimato a Bolsonaro: “Amadureça!”

No início deste ano, o ex-presidente Lula convidou Marta Suplicy para voltar ao PT, o que motivou forte resistência no interior da legenda. A ex-petista apoiou o impeachment da então presidente Dilma Rousseff.

O Solidariedade é um partido de base sindical em São Paulo, liderado pelo deputado federal Paulinho da Força (Força Sindical).

*Com informações do UOL