Mandetta alerta que #Covid-19 ainda não atingiu bairros operários no Brasil

Publicado em 4 abril, 2020

Operários, de Tarsila do Amaral
O ministro da Saúde, Henrique Mandetta, alertou no último balanço sobre o coronavírus que os bairros operários ainda não foram atingidos no Brasil.

Mandetta pediu que as autoridades sanitárias tenham atenção redobrada com a quarentena neste fim de semana.

.

“A Covid-19 não entrou nos bairros operários do Brasil e por isso requer a atenção redobrada no final de semana”, disse o ministro.

Neste sábado (4), as secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 12h30, 9.391 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 376 mortes pela Covid-19. Apenas três estados ainda não registraram mortes: Acre, Amapá e Tocantins.

Na manhã de hoje, a Bahia registrou a 7ª morte por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Paciente era uma mulher de 28 anos, que tinha ido a Itapetinga realizar uma cesária. O Amazonas confirmou mais 5 mortes, somando 12.

.

Os operários, os mais pobres, serão os mais vulneráveis pela infecção do coronavírus porque estarão desguarnecidos social e economicamente. As chances de um trabalhador contagiado morrer pela doença será muito maior que um rico. Aliás, são os endinheirados viajantes que trouxeram o vírus para o Brasil.

Coronavírus já matou mais de 60 mil pessoas pelo mundo
Dados da Universidade Johns Hopkins divulgados neste sábado (4) apontam que a pandemia de coronavírus já provocou a morte de 60.874 pelo mundo desde o registro dos primeiros casos, em dezembro.

O país que acumula mais mortes é a Itália (14.681). Em seguida aparecem a Espanha (11.744), os Estados Unidos (7.460) e a França (6.507).

.

LEIA TAMBÉM
Ataque com faca deixa dois mortos e seis feridos na França

Jandira Feghali: ‘Bolsonaro é o mensageiro do caos e do desespero’

Câmara aprova PEC do orçamento de guerra em 2º turno; texto vai ao Senado

.

Jornalismo da TV Globo tem oito infectados pelo coronavírus
O departamento de jornalismo da TV Globo já registrou 17 casos suspeitos de coronavírus. Destes, nove testaram negativos e oito, positivos. Cinco deles têm sintomas leves, um está assintomático e dois, internados.

Datafolha 109% é fraude, denunciam apoiadores de Bolsonaro
Os bolsonaristas ficaram revoltados com o Datafolha que divulgou pesquisa ontem cuja totalização deu 109%.

Segundo o instituto, o Ministério da Saúde tem 76% de aprovação ante 33% do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

.

Os bolsominions somam, somam, fazem a prova dos nove, mas dá o resultado 109.

Para os correligionários de Bolsonaro, há uma evidente fraude na pesquisa que deveria totalizar 100%.