Lula, Gleisi e Haddad dizem que chegou a hora do “Fora, Bolsonaro!”

Publicado em 20 abril, 2020

Depois da participação do presidente Bolsonaro do ato que pedia intervenção militar contra o Congresso e o STF, a cúpula do Partido dos Trabalhadores parece ter se convencido que é preciso se posicionar de maneira firme pelo “Fora, Bolsonaro!”.

Pelo Twitter, o ex-ministro Fernando Haddad declarou:

“O verme, mais uma vez, diz a que veio. Até quando os democratas suportarão tanta provocação, sem nada fazer? O dia do fora já chegou!”

A presidente nacional do PT respondeu:

“Eu também acho @Haddad_Fernando, chegou a hora do fora Bolsonaro! O PT continuará esse debate em suas instâncias e não faltará ao país”

Lula defende impedimento de Bolsonaro para barrar volta da ditadura
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reagiu, neste domingo (19), nas redes sociais defendendo a adoção dos mecanismos democráticos para impedir o golpismo de Jair Bolsonaro. O chefe do executivo participou de ato em Brasília que pedia o AI-5, o fechamento do Congresso e do STF.

“A mesma Constituição que permite que um presidente seja eleito democraticamente têm mecanismos para impedir que ele conduza o país ao esfacelamento da democracia e a um genocídio da população”, apontou Lula no Twitter.

PSOL pede saída imediata de Bolsonaro
O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) divulgou nota de repúdio neste domingo (19) condenando a participação de Bolsonaro nos atos a favor de um golpe com um novo AI-5 e o fechamento do Congresso e do STF.

A nota assinada pelo presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, pede a saída imediata de Bolsonaro do poder. “É preciso que Bolsonaro deixe o poder imediatamente, pelos meios constitucionais disponíveis, para que o Brasil não siga sob as ameaças de um genocida”, diz um trecho do documento.  Leia a íntegra aqui.

Será que a oposição consegue se unir para tentar remover o “Capitão Corona” da presidência?

LEIA TAMBÉM
Centrais sindicais condenam escalada golpista de Bolsonaro

Basta! Chega! Fora Bolsonaro!

Moro e Toffoli seguem calados sobre ‘golpismo’ de Bolsonaro

Saiba quem são os “golpistas” que querem derrubar Bolsonaro, segundo a teoria da conspiração bolsonarista