Freixo anuncia ação para impedir Ramagem de assumir chefia da PF

Publicado em 26 abril, 2020

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) anunciou em suas redes sociais que vai entrar com uma ação para impedir que o atual diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, assuma a chefia da Polícia Federal (PF).

“URGENTE! Estou apresentado uma ação para impedir que Alexandre Ramagem assuma a chefia da Polícia Federal. Ramagem foi chefe da segurança de Bolsonaro em 2018 e é amigo dos filhos do presidente. Jair quer transformar a PF numa polícia política a serviço do clã. Não vamos deixar”, escreveu o deputado do PSOL no Twitter.

.

Delegado de carreira da PF, Ramagem trabalhou como segurança do presidente Jair Bolsonaro na campanha eleitoral de 2018. Ele é amigo dos filhos do presidente, que são investigados pela corporação. Sua nomeação para o cargo de diretor-geral da PF escancara a intenção de Bolsonaro de interferir politicamente na instituição, conforme relatou o ex-ministro Sérgio Moro (Justiça) em pronunciamento na última sexta feira (24).