Fernanda Melchionna diz que os R$ 600 estão virando “auxílio humilhação”

As dificuldades que os trabalhadores estão enfrentando para acessar ao benefício emergencial de R$ 600 ou 1.200 durante a pandemia continuam entre os assuntos mais comentados do País.

O Blog do Esmael já noticiou as dificuldade que o aplicativo Caixa Tem vem apresentando, além da burocracia, o problema dos CPFs e a demora na análise que muitos brasileiros tem enfrentado.

Por isso tudo, a deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS)  assinalou:

“Aprovamos há um mês atrás o #auxilioemergecial na Câmara dos Deputados com a urgência que as necessidades impõem. O governo Bolsonaro, que queria pagar apenas R$200, agora não está pagando o que deve. Para quem precisa, tá parecendo um auxílio humilhação. #PagaLogoBolsonaro

LEIA TAMBÉM
Senado aprova ampliação de beneficiários do auxílio de R$ 600; confira

#CaixaTemNAOFUNCIONA mostra a burocracia e as dificuldades dos R$ 600

STJ recoloca a exigência do CPF regular para o auxílio de R$ 600

A verdade é que Bolsonaro não faz nenhuma questão de pagar esse auxílio; pois, para ele, os trabalhadores deveriam estar todos trabalhando. Não importa se isso implicaria em estarem expostos ao Coronavírus, afinal, “é só uma gripezinha”.

Triste Brasil.