Doria critica Bolsonaro por ataques ao Congresso e ao STF

O governador de São Paulo, João Doria Jr. (PSDB) utilizou a entrevista coletiva diária concedida no Palácio dos Bandeirantes para criticar os ataques ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal.

Doria não chegou a citar o nome do presidente Bolsonaro, mas a crítica ficou evidente. O governador transmitiu sua solidariedade ao Congresso Nacional agradecendo a aprovação da ajuda emergencial aos Estados e Municípios.

“Rechaçamos os ataques que tem sido desferidos contra o Congresso Nacional e muito especificamente contra o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Quem agride a Câmara, agride a democracia. Quem agride o Legislativo, não respeita o processo democrático.”

“Também transmito solidariedade ao poder Judiciário, em especial ao Supremo Tribunal Federal e aos seus membros, também injustamente atacados. Quem ataca o Judiciário não respeita a democracia.” Disse o governador.

A íntegra da coletiva está no vídeo a seguir:

LEIA TAMBÉM
Coronavírus: Doria vai estender a quarentena em São Paulo

Artistas vestem máscara com estampa ‘Fora Bolsonaro’

“Bolsonaro está levando os brasileiros para o matadouro”, diz Lula ao britânico The Guardian

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), decidiu estender a quarentena em todo o estado. A medida de contenção à pandemia se estenderá até 10 de maio.

São Paulo é o estado mais afetado pela pandemia do coronavírus, registrando mais de 853 óbitos e cerca de 12 mil infectados, segundo dados do Ministério da Saúde em 16-04-2020.