‘Coronavírus é dez vezes mais letal que H1N1’, diz OMS


O novo coronavírus é dez vezes mais letal do que o vírus responsável pela gripe A (H1N1), que surgiu no final de março de 2009 no México. A afirmação é da Organização Mundial da Saúde (OMS). A organização ainda recomendou uma suspensão “lenta” do confinamento da população.

Em entrevista coletiva virtual concedida em Genebra, na Suíça, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, declarou que “os dados coletados em vários países nos dão uma imagem mais clara desse vírus, de seu comportamento, da maneira de contê-lo. Sabemos que o Covid-19 se espalha rapidamente e sabemos que é letal: dez vezes mais do que o vírus responsável pela pandemia de gripe de 2009”.

A pandemia causada pelo vírus A (H1N1) levou a campanhas maciças de vacinação.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: mundo beira 2 milhões de casos e passa de 120 mil mortes

Petra Costa prepara vídeos com depoimentos de brasileiros sobre o coronavírus

Fora Bolsonaro: É pegar ou largar

Um balanço estabelecido pela agência France-Presse conectou 18.500 óbitos ao vírus da gripe A (H1N1). No entanto, a revista médica Lancet estimou o número de mortes entre 151.700 e 575.400.

A nova pandemia de coronavírus já deixou aproximadamente mais de 120 mil mortes em todo o mundo desde que surgiu na província chinesa de Wuhan em dezembro do ano passado.