Ciro Gomes sobre racha entre Bolsonaro e Moro: ‘O país ganha muito’

Ciro Gomes, ex-candidato à presidência da República, se manifestou sobre a saída de Sergio Moro do cargo de ministro da Justiça por meio de mensagem em sua página no twitter. O ex-ministro e ex-governador do Ceará afirmou que as acusações do ex-ministro contra o presidente Jair Bolsonaro configuram uma “confrontação chocante” entre as duas figuras políticas, e defendeu que o Brasil “ganharia muito com essa briga”.

“Só hoje já tivemos notícia de uma lista de artigos do Código Penal”, afirmou Ciro. Em sequência, ele listou crimes de responsabilidade que teriam sido cometidos pelo presidente, de acordo com as acusações feitas por Moro.

“Nesta confrontação chocante entre Moro e Bolsonaro, o País ganha muito com a briga em si. Só hoje já tivemos notícia de uma lista de artigos do código penal além de crime de responsabilidade: prevaricação, falsidade ideológica, tráfico de influência”, escreveu Ciro.

Entre os crimes listados por Ciro estão: falsidade ideológica, tráfico de influência e obstrução da Justiça. Segundo Ciro, o Brasil sairá beneficiado com essas denúncias.

LEIA TAMBÉM:

Moro rebate declaração Bolsonaro de ‘troca-troca’ pela cabeça de Valeixo

Panelaços e barulhaços em todo país durante pronunciamento de Bolsonaro nesta tarde

“Moro confessou crimes e delatou Bolsonaro”, diz Gleisi Hoffmann

Sergio Moro pediu demissão após Bolsonaro exonerar o diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Valeixo, nome de confiança do ex-juiz. Durante coletiva realizada nesta manhã de sexta, Moro justificou saída afirmando que o presidente queria tirar a autonomia da PF, mudando diretoria e solicitando relatórios.

A saída de Moro provocou um terremoto político no governo Bolsonaro.

*Com informações de O Povo de Fortaleza