Carlos Vereza rompe com o presidente Bolsonaro

Publicado em 3 abril, 2020

O ator Carlos Vereza, que chegou a ser cotado para compor a Secretaria de Cultura junto com Regina Duarte, escreveu uma série de postagem em seu Facebook criticando Bolsonaro.

Vereza vem mostrando descontentamento na condução do presidente em relação à pandemia do Coronavírus.

Em uma postagem, ele escreveu:

“Estava tentando defender Bolsonaro, não tanto por ele, mas pela normalidade das instituições. Mas ele desautorizar publicamente o ministro da saúde por ciúmes, não dá mais: tirei o time.”

Em outra postagem o ator sentencia:

“Irresponsável: afirmar que Mandetta não tem humildade, um profissional preocupado com a vida humana, e não como Bolsonaro, em eterna campanha eleitoral.”

LEIA TAMBÉM
Maia defende Mandetta e diz que Bolsonaro não tem coragem de tirá-lo

“O senhor que me demita”, teria dito Mandetta a Bolsonaro segundo a Veja

Velha mídia apresenta Mourão como “solução” para a crise Bolsonaro

Mais algumas postagens foram no mesmo sentido, até que por fim ele diz que está encerrando as postagens públicas:

Hoje encerro minhas postagens abertas ao público. Quando iniciei no Facebook, há tempos, procurei fazer o melhor, pesquisar sempre temas que pudessem acrescentar algum tipo de intercâmbio com amigos, que nunca considerei virtuais.

Percebi neste tão maltratado e revolucionário meio de comunicação, um instrumento de difusão de ideias, algo como um diário eletrônico, com a vantagem de não acariciar o ego nem a posteridade, pois mal o texto é rabiscado, despenca, silencioso, para algum limbo digital.

Não tomo essa decisão por cansaço. O que me motiva a escrever para poucas pessoas, é estar constatando a invasão de uma horda de bárbaros, quadrúpedes fanatizados, filhotes sectários formados pelo populismo do honesto mas egocêntrico Jair Messias Bolsonaro.

É mais um apoiador renomado que abandona o barco furado do Bolsonarismo.