Bolsonaro sanciona auxílio de R$ 600 durante pandemia com vetos

Publicado em 1 abril, 2020

O presidente Bolsonaro sancionou com vetos, nesta quarta-feira (1º), a lei que estabelece um auxílio de R$ 600 mensais, por três meses, a trabalhadores informais, MEIs e famílias carentes, durante a pandemia.

Desde ontem era forte a cobrança para que o benefício fosse sancionado. O ministro Paulo Guedes chegou a chantagear o Congresso pedindo a aprovação de um PEC liberando o governo de compromissos fiscais.

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, anunciou a sanção pelo Twitter.

O presidente Jair Bolsonaro vetou três itens do texto aprovado pelo Congresso Nacional. Segundo o Planalto, esses vetos foram orientados pelos ministérios da Economia e da Cidadania.

O principal trecho vetado é o que garantia a ampliação do Benefício de Prestação Continuada (BPC) definida pelo Congresso no início de março.

LEIA TAMBÉM
Guedes faz chantagem com auxílio de R$ 600 aprovado pelo Congresso

1° de abril vira #BolsonaroDay em homenagem às mentiras do presidente

Ao vivo: Bolsonaro recuou na crise do coronavírus; e agora?

TRF-2 libera funcionamento de igrejas e lotéricas

As informações são do G1.