URGENTE: Câmara mantém veto presidencial ao orçamento impositivo de R$ 30 bilhões

Compartilhe agora

O presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, anunciou a manutenção do veto presidencial 52 pela Câmara dos Deputados pelo placar de 282 votos a 167.

No Senado, o placar ficou em 50 contra 15. Para que um veto seja derrubado pelo Congresso, são necessários, no mínimo, 257 votos de deputados e 41 de senadores.

LEIA TAMBÉM
Ao vivo: Congresso analisa ‘veto 52’ de Bolsonaro

Bolsonaro leva comediante para entrevista e não fala sobre ‘pibinho’

Globo sinaliza rompimento com Moro em programa de humor; assista

Câmara e Senado realizam sessão conjunta do Congresso Nacional nesta quarta (4).

Na sequência, conforme acordo costurado entre Congresso e Bolsonaro, serão votados três projetos de lei que mexem com o orçamento de 2020 e remaneja R$ 9,6 bilhões, além de abrir crédito suplementar de R$ 6,4 milhões ao Ministério da Saúde.

Ou seja, deputados e senadores irão abiscoitar R$ 20 bilhões em emendas parlamentares.