Reinaldo Azevedo: Sérgio Moro é um vírus muito pior que o coronavírus

Compartilhe agora

A informação de que o número de casos coronavírus aumentou para 433 casos no Brasil rendeu um comentário ácido do jornalista Reinado Azevedo, da BandNews e Folha, sobre o ministro da Justiça Sérgio Moro.

Para Azevedo, o ex-juiz da Lava Jato é muito pior que o coronavírus porque corrói as instituições democráticas do País.

Na semana passada, o jornalista da BandNews e da Folha havia carimbado Moro como “Mussolini” de Maringá (PR), cidade natal do ministro.

“Sérgio Moro é um vírus muito pior que o coronavírus”, espezinhou Reinaldo Azevedo.

LEIA TAMBÉM
Moro: ‘Apesar dos Gomes, crise no Ceará foi resolvida’

Gustavo Bebianno promete revelar podridões de Bolsonaro no Roda Viva de hoje

Funcionário da XP investimentos é o 2º brasileiro com coronavírus

O ministro Sérgio Moro entrou na linha de tiro de setores da mídia porque ele, nos últimos dias, tem agido como “capanga” da família do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Moro também politizou o motim na Polícia Militar do Ceará, que cruzou os braços durante 13 dias. Nesse período, segundo a Secretaria de Segurança cearense, 241 pessoas foram assassinadas nos 9 dias que as tropas da Força Nacional patrulharam as ruas de Fortaleza e demais cidades.

Ao comentar o acordo do governo do Ceará para pôr fim à greve, Moro disse que o motim foi encerrado “apesar dos irmãos Gomes” –referindo-se ao senador Cid Gomes (PDT-CE) e seu irmão, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

Para o ministro da Justiça, a crise na segurança pública do Ceará “só foi possível pela ação do governo federal”, capitalizou, “apesar dos Gomes”.