Randolfe_Rodrigues

Randolfe manda recado a Bolsonaro: ‘Temos ódio à ditadura. Ódio e nojo’

Compartilhe agora

O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) recorreu a um vídeo do presidente da Constituinte de 1988, o saudoso deputado Ulysses Guimarães, para mandar um duro recado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Os que insistem em apoiar e promover a ditadura traem a pátria. Quem exalta o autoritarismo rasga a nossa Constituição”, escreveu no Twitter, olhando em direção ao Palácio do Planalto.

Sem citar expressamente Bolsonaro, o parlamentar se referiu ao presidente nesta terça-feira, dia 31 março, quando o golpe militar de 1964 completou 56 anos.

“Traidor da Constituição é traidor da Pátria”, bradou Ulysses na promulgação da atual Constituição Cidadão. E emendou: “temos ódio à ditadura. Ódio e nojo.”

O Blog do Esmael transcreveu o trecho do discurso de Ulysses Guimarães no vídeo postado pelo senador Randolfe Rodrigues. Confira:

“Traidor da Constituição é traidor da Pátria. (Muito bem! Palmas.) Conhecemos o caminho maldito: rasgar a Constituição, trancar as portas do Parlamento, garrotear a liberdade, mandar os patriotas para a cadeia, o exílio, o cemitério. (Muito bem! Palmas.)

A persistência da Constituição é a sobrevivência da democracia. Quando, após tantos anos de lutas e sacrifícios, promulgamos o estatuto do homem, da liberdade e da democracia, bradamos por imposição de sua honra: temos ódio à ditadura. Ódio e nojo. (Muito bem! Palmas prolongadas.) Amaldiçoamos a tirania onde quer que ela desgrace homens e nações, principalmente na América Latina. (Palmas.)”

A troca de “gentilezas” entre Bolsonaro e Randolfe começou logo na manhã de hoje. Durante uma entrevista à imprensa, em frente ao Palácio do Alvorado, sem nominá-lo, o presidente lembrou do parlamentar como “senador do DPVAT”.

ASSISTA AO VÍDEO: