Pandemia por ser até 10 vezes pior do que mostram os números oficiais

Publicado em 26 março, 2020
Compartilhe agora!

Um estudo da Escola de Londres de Higiene e Medicina Tropical, publicado no domingo (22), propõe que quase 90% dos casos de contaminação por Coronavírus no Brasil não são notificados.

Segundo os pesquisadores, o Brasil detecta, em média, 11% dos casos sintomáticos de Covid-19. Ou seja, apenas uma em cada dez pessoas que carregam o vírus foram registradas pelo governo.

A proporção é maior do que a da Itália, que identifica cerca de 6%, e menor que a da Coreia do Sul, que identifica em média 83% dos casos.

Portanto, tendo como base os dados desta quarta (24), em que o Ministério da Saúde atualizou para 2.433 os casos confirmados no Brasil, pode-se estimar que há na verdade 22.118 casos de coronavírus, dos quais 19.685 não foram identificados.

LEIA TAMBÉM
Brasil registra 57 mortes e 2433 casos confirmados de Coronavírus

Maia critica pronunciamento de Bolsonaro e pede que brasileiros sigam normas determinadas pelas autoridades de saúde

CUT chama de ‘genocida’ pronunciamento de Bolsonaro

Nesse contexto, cabe lembrar que muitas mortes suspeitas de serem em função do Coronavírus não chegam a ser confirmadas e há a subnotificação do número de vítimas fatais da doença.

Resumindo, a pandemia pode ser 10 vezes pior do que os números mostram, mas tem gente que não quer levar a sério.

Com informações da Folha de São Paulo

.

Compartilhe agora!