“Manifestação governista é coisa de CUT azul”, diz Kim kataguiri do MBL


O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), líder do Movimento Brasil Livre (MBL), criticou duramente os atos convocados pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e apoiadores para o dia 15 de março. “Manifestação governista é coisa de CUT azul”, não vamos nos tornar o que sempre criticamos”, disparou Kim em entrevista para o jornal O Estado de São Paulo nesta sexta=feira (6).

Kim Kataguiri orientou o movimento para não engrossar as manifestações bolsonaristas marcadas para o dia 15 de março, apesar do apelo do ministro da Economia Paulo Guedes que pediu, na última terça-feira (3), o apoio do MBL para participar dos atos chapa-branca.

Esta é a segunda vez que o MBL se posiciona contra uma manifestação organizada pelas facções de extrema-direita do bolsonarismo. No ano passado, o grupo adotou a mesma opinião para os atos convocados para dia 26 de maio de 2019, que pediam o fechamento do Congresso Nacional e o impeachment de ministros do STF.

LEIA TAMBÉM:

Veja a agenda de atos do Dia Internacional da Mulher no país neste fim de semana

João Amoêdo ‘defenestrado’ da presidência do Novo

Bolsonaro disse que gosta de ‘pacu’, ataca imprensa e a Receita Federal; assista

O MBL tem, cada vez mais, atuado em parceria com o governador paulista João Doria (PSDB) e no Congresso apoia a agenda de Rodrigo Maia (DEM-RJ).