Maestrina do Theatro Municipal de São Paulo morre por coronavírus

Publicado em 26 março, 2020
Compartilhe agora!


A maestrina do Theatro Municipal de São Paulo, Naomi Munakata morreu nesta quinta-feira (26) vítima do novo coronavírus aos 64 anos. Ela estava internada no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo.

“A família do Theatro Municipal está órfã. Perdemos no dia de hoje, aos 64 anos, a maestrina titular do Coral Paulistano Naomi Munakata. Os mais sinceros sentimentos aos amigos e familiares dessa grande artista que abrilhantou nosso palco nos últimos anos. Sentiremos sua falta Naomi”, lamentou nota do Theatro Municipal de São Paulo no Facebook.

Segundo informações obtidas pelo jornal ‘O Globo’, membros do teatro contaram que a maestrina apresentava problemas respiratórios e teve uma deterioração “abrupta e inesperada do quadro clínico durante a noite”, evoluindo com um quadro de pneumonia grave.

LEIA TAMBÉM:

Volkswagen aproveita o coronavírus para se reestruturar no Brasil

Os EUA agora lideram o mundo em casos confirmados de coronavírus

Coronavírus: 78 mortos com 2.915 casos confirmados no Brasil

Naomi nasceu em Hiroshima, veio para o Brasil com dois anos de idade. Ela estudou instrumentos como piano, violino e arpa e se formou em composição e regência na Faculdade de Música do Instituo Musical de São Paulo.

Naomi também foi regente do Coro da Osesp por duas décadas,e foi diretora e professora da Escola Municipal de Música de São Paulo, diretora artística e regente do Coral Jovem do Estado, regente-assistente do Coral Paulistano e professora na Faculdade Santa Marcelina e na FAAM.

Compartilhe agora!