Lula no 8 de março: ‘Quem mandou matar Marielle?’


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou uma mensagem neste domingo (8) sobre o Dia Internacional da Mulher em que ressalta as mobilizações de milhões de mulheres no mundo que lutam por direitos e igualdade. No texto, o ex-presidente pergunta ainda “Quem mandou matar Marielle?”.

“Buscar justiça para Marielle e por todas as Marielles que incomodam por sua força, que incomodam por saber seu lugar e fazer questão de ocupa-lo, é um dever de todos nós”, defende Lula.

Leia a íntegra da memsagem de Lula:

Hoje, milhões de mulheres vão às ruas em todo o mundo lutar por bandeiras de igualdade. Elas estão nas ruas por igualdade de direitos, de salário, de oportunidades e, sobretudo, pelo direito à própria existência. Uma coisa tão cara como a vida é negada a uma mulher a cada 7 horas no Brasil. Uma mulher a cada 7 horas. Esse é o número de feminicídios em nosso país, onde, apenas em 2019, o machismo assassinou 1.314 mulheres, incentivado por um governo que naturaliza a violência.

Neste dia que nos convoca à reflexão e à luta, quero lembrar de uma mulher que há 725 dias teve a vida encerrada justamente por encarnar a luta e os ideais das mulheres que sonham com um mundo mais igual: Marielle Franco.

LEIA TAMBÉM:

Mais escolarizadas, mulheres têm rendimento 22% menos que dos homens

Buscar justiça para Marielle e por todas as Marielles que incomodam por sua força, que incomodam por saber seu lugar e fazer questão de ocupa-lo, é um dever de todos nós.

Eu me somo, ao lado de nosso partido que já levou uma mulher ao mais alto posto da República e é presidido por uma, na luta por um mundo onde as pessoas não sejam subjugadas por seu gênero. Em nossa busca permanente e inegociável por igualdade e justiça social.

Lula

Compartilhe agora