Itália volta a registrar aumento de mortes por coronavírus

Publicado em 24 março, 2020
Compartilhe agora!

Homens com máscaras de proteção carregam caixão de vítima do novo coronavírus em cemitério de Bergamo, na Itália. Foto: Flavio Lo Scalzo / REUTERS
As autoridades da Itália informaram nesta terça-feira (23) que 743 pessoas morreram em decorrência da covid-19, doença causada pelo coronavírus, nas últimas 24 horas. O número interrompeu uma breve tendência de queda registrada nos últimos dois dias.

É o segundo maior valor diário desde o início da pandemia, ficando apenas atrás do último sábado, quando 793 pessoas morreram. No domingo e na segunda-feira, o país havia registrado 651 e 602 mortes, respectivamente.

LEIA TAMBÉM:
Coronavírus: Maia defende redução de salário de servidores

STF garante a estados e municípios o poder de restringir a locomoção de pessoas

MP 927 só atende empresários e reduz direitos, diz Dieese

Das 743 mortes entre segunda e terça, 402 foram registradas na região da Lombardia, a mais atingida pelo coronavírus no país.

Com o novo balanço desta terça-feira, o número total de mortos no país chega a 6.820. O número de infectado também cresceu nas últimas 24 horas, passando de 63.927, para 69.176.

O governo italiano também informou que entre os infectados, 8.326 já se recuperaram. No dia anterior, eram 7.432. No entanto, o número de pessoas que passaram a ser tratadas em unidades de terapia intensiva passou de 3.204 para 3.396.

Com informações da Deutsche Welle.

Compartilhe agora!