Governo de SP decide fechar museus, teatros, bibiliotecas e centros de cultura

Compartilhe agora


O governo de São Paulo decidiu ampliar as medidas restritivas para intensificar o combate ao novo coronavírus (Covid-19) e decretou o fechamento de museus, teatros, bibliotecas e de centros culturais em todo estado por 30 dias. As aulas da rede estadual de ensino também foram suspensas a partir desta segunda-feira (16).

Entre as decisões, ficou definido que, a partir desta terça-feira (17), todos os funcionários públicos estaduais com mais de 60 anos, com exceção dos que atuam nas áreas de segurança pública e saúde, deverão trabalhar de casa.

O governo paulista ainda recomendou ao setor privado de entretenimento – teatros, cinemas, casas de espetáculo– que mantenham os estabelecimentos fechados por até 30 dias.

O governador Doria também ordenou que todos os 153 Centros de Convivência do Idoso ficarão fechados por 60 dias.

LEIA TAMBÉM:

Mais uma baixaria do Olavo de Carvalho, desta vez contra Janaina Paschoal

França decide por quarentena geral e suspende cobrança de luz, água e gás

Número de casos confirmados de coronavírus sobe para 234 no Brasil

“Essas são as novas medidas, o que não significa que novas decisões não venham a ser tomadas nos próximos dias, de acordo com o acompanhamento do Centro de Contingência do Estado ”, disse o governador paulista.