França decide por quarentena geral e suspende cobrança de luz, água e gás

Compartilhe agora


O presidente francês, Emmanuel Macron, fez um pronunciamento em vídeo para informar a população que, a partir desta segunda-feira (16), serão fechados todas as creches, escolas e universidades no território francês. O governo já tinha decretado o fechamento de bares, cafés, restaurantes, teatros, danceterias e pontos turísticos durante o fim de semana.

As medidas visam enfrentar o que Macron chamou de a “crise sanitária mais grave que atinge a França em um século”. Em um discurso televisionado de 25 minutos, o presidente francês manteve um tom grave e anunciou medidas sanitárias e econômicas para os próximos meses. “Estamos apenas no começo dessa epidemia, e em todos os lugares da Europa ela se acelera, se intensifica”, afirmou.

O dirigente francês criticou parte da população que continua ignorando protocolos de higiene e decretou a suspensão da cobrança das contas de luz, água e gás no país, inclusive para empresas.

LEIA TAMBÉM:

Coronavírus: PT lança campanha de apoio a profissionais de saúde

Bolsonaro derrete junto com a bolsa e o coronavírus, segundo o Vox Populi

Número de casos confirmados de coronavírus sobe para 234 no Brasil

Segundo especialistas, o Covid-19 está atingindo a Europa em cheio, e a França é um dos países em potencial onde o vírus pode se alastrar rapidamente.

*Com informações de agências internacionais