Flávio Bolsonaro admite que Aliança pelo Brasil não disputará as eleições de 2020

Compartilhe agora

O senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) gravou vídeo no qual admite que o Aliança pelo Brasil, novo partido que a família Bolsonaro pretende criar, não ficará pronto a tempo de disputar as eleições municipais de 2020.

“A Aliança pelo Brasil não ficará pronta a tempo para disputar as eleições de 2020. Apesar de todo o suporte técnico que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem dado na criação do partido, ele infelizmente não vai se viabilizar a tempo”, diz Flávio no vídeo.

LEIA TAMBÉM:
TSE encontra assinaturas de mortos na lista de apoiadores do partido de Bolsonaro

Bolsonaro disse que gosta de ‘pacu’, ataca imprensa e a Receita Federal; assista

Perdeu, Moro

O Aliança pelo Brasil já apresentou mais de 80 mil fichas assinadas ao TSE, mas, segundo o balanço mais recente, apenas 6.605 foram aprovadas – menos de 2% do necessário. Outras 13,7 mil foram rejeitadas pelos técnicos da Corte. O restante está em análise.

Para ter o registro aprovado e poder disputar eleições, o partido da família Bolsonaro precisa coletar a assinatura de 492 mil eleitores – que devem ter firmas reconhecidas em cartório.

Assista ao vídeo: