Falências decretadas cresceram 43,9% no começo de 2020, diz Boa Vista SCPC

Compartilhe agora

O Boa Vista Serviços SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) afirma que cresceu 43,9% o número de falências decretadas entre os meses de janeiro e fevereiro de 2020.

Na comparação mensal, os pedidos de recuperação judicial, as recuperações judiciais deferidas e as falências decretadas registraram alta de 26,6%, 56,4% e 43,9%, respectivamente.

No último sábado (29), o presidente Jair Bolsonaro amanheceu o dia disparando fake news em seu Twitter dizendo que “o setor industrial voltou a gerar empregos”. Porém, pesquisa IBGE/PNAD mostrou outra coisa: que o ano de 2020 começou com aumento de desemprego no País.

Portanto, Bolsonaro e seu “Posto Ipiranga”, o ministro Paulo Guedes, conseguiram desmantelar a economia sólida de um País que chegou a ter a sexta maior PIB do planeta. Atualmente, o Brasil tem a décima posição no tamanho da economia mundial.

Metodologia do Boa Vista
O indicador de falências e recuperações judiciais é construído com base na apuração dos dados mensais registrados na base do SCPC, oriundos dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e da Justiça dos estados.

LEIA TAMBÉM
O fracasso da política econômica de Bolsonaro e Paulo Guedes

Desigualdades e questões ambientais são prioridades na agenda da esquerda mundial, diz Lula

Gleisi: “Deixe de ser mentiroso, Bolsonaro! Seu projeto econômico é um fracasso!”