‘Bolsonaro só se preocupa com ele e não pensa na sociedade’, diz Lula

Publicado em 26 março, 2020
Compartilhe agora!


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou vídeo na noite de quarta-feira (25), ao lado do ex-ministro da Educação Fernando Haddad, em que tece um conjunto de considerações sobre o atual cenário político agravado pelos desacertos do presidente Jair Bolsonaro e pela expansão da pandemia do coronavírus no país.

“O pronunciamento de ontem (terça, 24) de Jair Bolsonaro foi um “papelão, espetáculo de grosseria”, qualificou Lula. Para o líder petista, Bolsonaro chegou ao limite “das pessoas mais compreensivas” e “realmente não está preparado” para comandar o país.

“Fiquei assustado, porque o papel de um governante é tentar orientar a sociedade. Para minha surpresa, o presidente aparece na televisão, de forma intempestiva, fazendo uma guerra política contra a sociedade brasileira, os governadores, os prefeitos”, afirmou Lula.

Dizendo-se pessimista, porque o país “perdeu muito tempo” no combate à pandemia, Lula lamentou que o atual presidente não tenha buscado o diálogo e uma ação coordenada em todo o país.

“A quem ele falou? Com que interesse ele falou? Parecia uma preocupação eminentemente política e eleitoral”, disse ainda o ex-presidente sobre o pronunciamento de Bolsonaro em cadeia nacional de rádio e TV.

“Acho que o Congresso Nacional, os partidos políticos, a sociedade precisam dar um jeito no Bolsonaro.” Para ele, é preciso garantir saúde para “recuperar a democracia” no Brasil.

Em vez de governar para todos, inclusive os que não votaram nele, o presidente parece se dirigir apenas a uma parcela minoritária da sociedade. E sempre com um “discurso raivoso” voltado para quem não o elegeu. “O Bolsonaro nunca se preocupou com isso (governar para o conjunto)”, criticou Lula.

LEIA TAMBÉM:

URGENTE: vem aí novo pedido de impeachment de bolsonaro; agora é plural e suprapartidário

Lula considerou também que a China teve comportamento “exemplar” ao isolar a região onde se originou o vírus, e agora tenta ajudar outros países.

E defendeu ampliação do investimento público – observou que não estava usando a palavra “gasto” por se tratar de uma questão de saúde. “A gente não tem que ficar regateando dinheiro para combater esse mal (…) Como se o Guedes fosse dono do dinheiro. Você pode utilizar recursos e ao mesmo tempo fazer investimento na economia, pode pegar uma parte das reservas internacionais que nós temos, transformar em reais e fazer grandes investimentos em infra-estrutura para dinamizar a economia brasileira. Não é incompatível. Você pode pensar em várias coisas ao mesmo tempo. Acontece que esse governo não pensa nada”, apontou também o ex-presidente.

Assista o vídeo:

ASSISTA! Lula e Haddad debatem a crise do coronavírus

ASSISTA! Lula e Haddad debatem a crise do coronavírus.Vídeo: Ricardo Stuckert

Publicado por Lula em Quarta-feira, 25 de março de 2020

*Com informações da RBA/Agência PT

Compartilhe agora!