Bolsonaro_fake_book

Albert Einstein desmente Bolsonaro sobre cura do coronavírus; assista ao vídeo

Publicado em 21 março, 2020
Compartilhe agora!

O Hospital Albert Einstein, de São Paulo, enviou uma nota à CNN Brasil desmentindo vídeo publicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciando a “cura” para o coronavírus.

Segundo o Einstein, apenas se prepara um protocolo de pesquisa para avaliar a eficácia da hidroxicloroquina – medicamento usado no combate à malária, o lúpus e a artrite – contra o novo coronavírus.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) também garante que é fake o vídeo o presidente da República.

Bolsonaro publicou um vídeo em suas redes sociais, neste sábado (21), anunciando uma possível cura da doença do Coronavírus, a Covid-19, com o medicamento chamado Cloroquina.

“Tenhamos fé que brevemente ficaremos livres desse vírus”, disse o presidente.

“Não há nenhum estudo científico que comprove a eficácia da cloroquina no tratamento do coronavírus”, rebate a Anvisa.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro faz vídeo sobre possível cura do Coronavírus; assista

Número de casos de coronavírus sobe para 1.128 no país

Para enfrentar governadores, Bolsonaro edita MP e decreto para definir atividades essenciais

Empolgado, o presidente Jair Bolsonaro se antecipou ao anúncio ao Hospital Albert Einstein — que fez questão de esclarecer que há apenas um “protocolo” para iniciar estudos.

À CNN, a Anvisa pediu para que os brasileiros não corram às farmácias em busca de cura milagrosa por meio de medicamentos à base da hidroxicloroquina.

Otimista com o protocolo do Albert Einstein, o presidente disse também que pediu ao laboratório químico e farmacêutico do Exército para ampliar a produção do remédio (sic), cuja eficácia contra o COVID-19 está sendo estudada em diversos países, como Estados Unidos, França e China.

Ainda de acordo com Bolsonaro, por meio de uma recomendação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o medicamento não será vendido para outros países.

As autoridades sanitárias classificaram o vídeo de Bolsonaro como “irresponsável” e que coloca em risco o esforço de isolamento social para prevenir o contágio em massa.

“Graças a irresponsabilidade de Jair Bolsonaro, o Albert Einstein teve de divulgar uma nota as pressas explicando o que é o início do protocolo do uso da cloroquina para tratar o coronavírus. A doença não tem vacina, não tem um remédio milagroso”, registrou o jornalista William De Lucca.

Assista ao vídeo da CNN Brasil:

Compartilhe agora!