Weintraub, o aloprado do MEC, tem teste decisivo no Senado; tic-tac, tic-tac…

Compartilhe agora

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, comparece, nesta terça-feira (12), à Comissão de Educação do Senado Federal para um teste decisivo, após a condução desastrosa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019.

O depoimento de Abraham Weintraub no Senado é uma espécie de teste para o ministro, considerado por especialistas na área da Educação como o pior o gestor da história do MEC. Nos meios políticos, a pífia atuação de Weintraub é motivo de críticas até de partidários do governo Bolsonaro.

Weintraub é ligado ao grupo neofascista do jornalista Olavo de Carvalho, o guru político e ideológico do clã Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM:

Redes sociais convocam #ForaWeintraub para as 11 horas

Caos no Enem: STJ libera divulgação no Sisu e inscrições no Prouni

Apoio a Bolsonaro começa a desmilinguir nas redes sociais, diz estudo

O Enem, realizado em novembro de 2019, é o mecanismo para o acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece 237 mil vagas nas universidades e institutos federais. Além de servir de referência para universidades estaduais e diversas faculdades da rede privada de ensino.