Robôs bolsonaristas são acionados para tentar salvar Weintraub

Compartilhe agora

Depois que um grupo de deputados e senadores denunciou o ministro da falta de Educação, Abraham Weintraub, ao STF pedindo sua cabeça, os robôs bolsonaristas foram acionados para passar pano e tentar salvá-lo.

O pedido de impeachment de Weintraub foi protocolado nesta quarta-feira (6) e contava com dezenas de assinaturas de parlamentares de partido como Cidadania, Rede, PSDC, PCdoB, PSOL, PDT, PT, PSB, PV, e MDB.

Na manhã desta quarta, os robôs subiram a hashtag #JuntosComWeintraub. O que não deixa de ser uma boa ideia. Poderiam ir embora todos juntos…

LEIA TAMBÉM
Parlamentares vão ao STF pedir ‘a cabeça’ de Abraham Weintraub

Comissão de Educação do Senado quer ouvir Weintraub sobre os erros no Enem

Abraço de afogados: Weintraub ‘fica’, diz Onyx Lorenzoni

O pedido de impeachment foi baseado em um relatório produzido pela Comissão Externa de Câmara de Acompanhamento do Ministério da Educação (MEC). Criada em maio de 2019, a comissão tem como presidente a deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) e relator o deputado federal Felipe Rigoni (PSB-ES).

Agora, resta saber se o STF vai cumprir o seu papel.

E, será que essa mobilização dos robô já é trabalho do recém nomeado diretor do Departamento de Conteúdo e Gestão de Canais Digitais da Secretaria de Comunicação (Secom), Luiz Galeazzo Vareta?

Parece que estão oficializando o gabinete do ódio.