Robôs bolsonaristas defendem general Heleno em chantagem contra Congresso

Publicado em 19 fevereiro, 2020
Compartilhe agora!

O chefe do gabinete de Segurança Institucional de Bolsonaro, General Augusto Heleno, fez uma fala infeliz, em “off” mas que acabou vazando em uma transmissão do próprio Planalto.

Disse o general: “Nós não podemos aceitar esses caras chantagearem a gente o tempo todo. Foda-se”. Estavam presentes os ministros Paulo Guedes (Economia) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia disse que o ministro se transformou num radical ideológico e com posições contra democracia e contra o Parlamento.

“Não vi por parte dele, nenhum tipo de ataque ao Parlamento quando a gente estava votando o aumento de salário dele, como militar na reserva. Quero saber se ele acha se o Parlamento foi chantageado para votar o projeto de lei das Forças Armadas”, criticou o presidente.

Agora os robôs bolsonaristas no Twitter subiram a hashtag #SomosTodosGenHeleno. Os bolsonaristas virtuais querem reforçar a chantagem contra o Congresso. Confira algumas das mensagens:

O pano de fundo do debate são os dispositivos que repassam o poder de distribuir verbas para o Congresso no chamado orçamento impositivo.

Com informações de agências.

LEIA TAMBÉM
Moro tenta enquadrar Lula na Lei de Segurança Nacional

Por muito menos, mídia defendeu o impeachment de Collor e Dilma #ImpeachmentDeBolsonaro

Temendo protestos, Weintraub jura que nada faltará às Universidades; assista

Compartilhe agora!