Ricardo Salles demite principais autoridades de combate à mudança climática

Compartilhe agora

O ministro da destruição do Meio Ambiente de Bolsonaro, Ricardo Salles, exonerou servidores de alto escalão que atuavam no combate às mudanças climáticas, na Secretaria de Relações Internacionais do MMA.

Os servidores exonerados foram os seguintes, de acordo com o Diário Oficial da União:

ADRIANO SANTHIAGO DE OLIVEIRA, Diretor do Departamento de Economia e Acordos Internacionais, da Secretaria de Relações Internacionais.

HUGO DO VALLE MENDES, Coordenador-Geral da Coordenação-Geral de Economia Ambiental e Acordos Internacionais, da Secretaria de Relações Internacionais.

MICHELLE BARBOSA MUNIZ JORDÃO, Diretora do Departamento de Meio Ambiente e América Latina, da Secretaria de Relações Internacionais.

A destituição dos servidores ocorre num momento no qual o país está sob os holofotes por causa dos gases de efeito estufa liberados pela devastação da Floresta Amazônica.

O governo do presidente Jair Bolsonaro considera que a terra é plana e que a mudança climática é uma balela do Greenpeace, dentre outras organizações de defesa do meio ambiente.

LEIA TAMBÉM
CPI ouvirá sócios de empresa acusada de produzir fake news na campanha de 2018

Jovens e mulheres são porta-vozes da luta pelo resgate da democracia, diz Stédile

Desemprego voltou a subir em 2020, diz IBGE