Polícia Federal abre inquérito contra chefe da Secom de Bolsonaro, Fábio Wajngarten

Publicado em 4 fevereiro, 2020

A Polícia Federal do ex-juiz Sérgio Moro abriu inquérito para investigar a conduta do chefe da Scretaria de Comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten.

Ele omitiu da Comissão de Ética Pública da Presidência informações sobre as atividades de sua empresa; e os contratos mantidos com TVs e agências de propaganda contratadas pela Secom.

LEIA TAMBÉM
Chefe da Comunicação de Bolsonaro se enrola cada vez mais

Secretário de Comunicação de Bolsonaro recebe das emissoras de TV

Pedro Bial apanha nas redes sociais por atacar ‘Democracia em Vertigem’

Democracia em Vertigem é um ‘alerta’ contra a extrema-direita, diz Petra Costa

Fabio Wajngarten recebe, por meio de uma empresa da qual é sócio majoritário, dinheiro de emissoras de TV e de agências de publicidade contratadas pela própria secretaria, além dos ministérios e estatais do governo Bolsonaro.

Agora, sob o comando de Moro, alguém acha que esse inquérito chaga a algum lugar?