Petra Costa quer reação contra o golpismo de Bolsonaro


A cineasta Petra Costa, indicado ao Oscar de melhor documentário em 2020 por “Democracia em Vertigem”, usou o Twitter na tarde desta quarta-feira (26) para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que compartilhou um vídeo de convocatória para um ato no dia 15 de março que defende o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Que dia vai ser nossa manifestação contra tudo isso? 8 de março?”, questionou a diretora ao compartilhar um vídeo do cantor Arnaldo Antunes criticando o uso sem autorização de uma música, composta também por Marcelo Fromer e Tony Bellotto, em materiais de convocação dos atos golpistas de Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM:

Regina Duarte reforça, ao lado de Bolsonaro, manifestação contra Congresso e STF

Maia sobre Bolsonaro: “Criar tensão institucional não ajuda o país a evoluir”

Dilma: “Bolsonaro e Heleno estão atentando descaradamente contra a Constituição e a democracia”