Marcelo Adnet chama de “gado'” pastor Marco Feliciano em bate-boca no Twitter

Compartilhe agora

Com classe, o humorista Marcelo Adnet chamou o deputado pastor Marco Feliciano (PSC-SP) de “gado” durante um bate-boca no Twitter.

O entrevero começou com Feliciano dizendo que Adnet “passou vergonha no carnaval”. O ator desfilou fantasiado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pela escola de samba São Clemente.

De acordo com o tuíte do deputado-pastor, o humorista desfilou no alto de um carro alegórico fazendo o gesto da arma e flexões de braço, insinuando Bolsonaro, mas o enredo do samba era contra a corrupção.

“Deveria ter imitado o ex-presidente Lula, seria aplaudido”, provocou Feliciano.

LEIA TAMBÉM
Regina Duarte reforça, ao lado de Bolsonaro, manifestação contra Congresso e STF

STF estuda o impeachment de Bolsonaro

O conto do vigário: “dólar a R$ 4,20 se a reforma da Previdência não passar”

Elegantemente, Marcelo Adnet debochou da cara o parlamentar do PSC. “Enredo era o Conto do Vigário. Passar bem, obriGado”, tuitou, grafando o “G” maiúsculo para formar a palavra “Gado”.

Os bolsominions, apoiadores do presidente da República, são conhecidos como “gados” nas redes sociais porque eles seguem –sem questionar– o “mito” e são facilmente enganados.