Lula vai à Europa semana que vem gritar ‘Fora Bolsonaro’

Publicado em 24 fevereiro, 2020
Recentemente, o ex-presidente Lula se encontrou com o papa Francisco no Vaticano. Eles combinaram uma agenda contra as desigualdades.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fará um novo tour pela Europa, a partir do próximo sábado (29). Ele embarcará para França, Suíça e Alemanha e ficará no Velho Continente até o dia 12 de março.

Em Paris, primeira escala do petista, ele receberá o título de cidadão honorário da Prefeitura local.

A homenagem parisiense a Lula partiu do vereador Patrick Klugman, do Partido Socialista, em ato de desagravo ao ex-presidente que ainda estava preso.

Lula permanecerá na Cidade Luz até o dia 5 de março, quando ele partirá então para Genebra (Suíça), onde se encontrará com lideranças sociais e de trabalhadores no âmbito do Conselho Mundial de Igrejas.

LEIA TAMBÉM
MJ diz que errou ao informar sobre enquadramento de Lula na Lei de Segurança Nacional

Jornalista bolsonarista diz ter medo de Sanders vencer nos EUA

Moro diz que ‘se confundiu’ ao usar Lei de Segurança Nacional contra Lula

O périplo de Lula terminará no dia 11 de março, após conclave com lideranças do movimento sindical mundial em Berlim.

Recentemente, o ex-presidente Lula se encontrou com o papa Francisco no Vaticano. No começo do mês, o Santo Padre e o petista combinaram uma agenda comum contra as desigualdades sociais.

O ex-presidente Lula foi solto no dia 8 de novembro de 2018 depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pela impossibilidade da prisão após condenação em segunda instância.

Lula não precisa pedir autorização judicial para deixar o país, mas a defesa do petista faz questão de comunicar as viagens internacionais do ex-presidente da República ao judiciário.

Além de receber prêmio, reunir-se com sindicalistas e religiosos, o ex-presidente Lula também vai gritar ‘Fora Bolsonaro’ no tour pela Europa.

Com informações da Folha.