IML do Rio libera corpo de Adriano da Nóbrega para enterro

Compartilhe agora


O Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro liberou na tarde desta sexta-feira (21) o corpo do miliciano Adriano da Nóbrega, que tinha forte ligação pessoal e política com a família Bolsonaro, após ser submetido na véspera a nova perícia. A informação é da Folha de São Paulo.

Médicos legistas da família do miliciano, da Polícia Civil do Rio de Janeiro e dos Ministérios Públicos fluminense e baiano participaram da nova análise.

O médico legista Talvane de Moraes, que participou da análise a convite de um perito contratado pelos parentes de Adriano, afirmou que não viu, inicialmente, marcas de tortura. Ele ressaltou, porém, que não participou de todo o processo e que um resultado final depende de exames laboratoriais complementares.

LEIA TAMBÉM:

Perito independente diz que não há sinais de tortura no corpo de Adriano Nóbrega

Segundo o Globo, Flávio Bolsonaro visitava o miliciano Adriano Nóbrega na cadeia

Bolsonaro indica pastor Tutuca e produtora evangélica para a Ancine

A nova perícia foi solicitada após a revista Veja mostrar imagens do corpo do ex-capitão e indicar indícios de que ele foi morto com tiros disparados a curta distância.

Caso a família de Adriano opte pela cremação, será necessária uma autorização judicial.