Damares abandona reunião na ONU em protesto contra governo da Venezuela

Compartilhe agora


Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, abandonou uma reunião da Organização das Nações Unidas (ONU), nesta terça-feira (25), em protesto contra o governo bolivariano da Venezuela.

Nas redes sociais, a ministra publicou um vídeo de sua saída da sessão plenária. Ela chamou o regime do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, de ditadura.

“Não daremos palanque a regime ilegítimo e sanguinário. Chega. O povo venezuelano não aguenta mais. As crianças daquele país pedem socorro”, escreveu Damares.

LEIA TAMBÉM:

Carluxo Bolsonaro diz que quem chama seu pai de Bozo ‘queima’

Benedita da Silva será a vice de Freixo no Rio, diz jornal

Novo partido de Bolsonaro, o Aliança, pode bater na trave do STF

O Brasil não reconhece o governo de Maduro e dá apoio a Juan Guaidó, opositor e autoproclamado presidente da Venezuela.

A ministra chefia a delegação brasileira na sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, em Genebra, na Suíça.

*Com informações da Folha