Conselheira Tutelar cassada por “Lula Livre” será empossada em Curitiba

Publicado em 13 fevereiro, 2020

A conselheira tutelar Aline Castro Farias assumirá o cargo para o qual foi eleita em Curitiba. Ela havia sido cassada por causa de um vídeo privado em que comemorou a eleição gritando “Lula Livre”.

Em decisão liminar, a 1ª Vara de Fazenda Pública determinou que o Conselho Municipal da Infância e Adolescência de Curitiba (Comtiba) dê posse à conselheira.

.

Em dezembro de 2019, Aline Castro e Rosana Kloster (também eleita para a regional Boa Vista) tiveram suas candidaturas cassadas por “inidoneidade moral”.

O motivo foi a divulgação, sem autorização, de um vídeo pessoal no qual elas diziam ‘Lula Livre’ além de palavrões, comemorando o resultado da eleição.

LEIA TAMBÉM
Eleição anulada para o Conselho Tutelar de Curitiba volta a valer

.

Eleições para os Conselhos Tutelares neste domingo viram batalhas políticas e religiosas

A candidatura de Rosana Kloster continua com cassação mantida. Segundo o advogado Felipe Lopes que representa ambas as conselheiras, existe um pedido de liminar em favor de Rosana, que será analisado por outra vara.

As informações são do Brasil de Fato.