Bolsonaro sanciona lei para combate ao coronavírus

Compartilhe agora

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou, sem vetos, a lei que prevê medidas de combate ao coronavírus no Brasil. A íntegra da Lei 13.979 foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (7).

A nova lei dota o governo de instrumentos para enfrentar uma situação de emergência pública causada pelo coronavírus, que ainda não foi registrado no País.

LEIA TAMBÉM:
Medicamento cubano produzido na China é adotado no combate ao coronavírus

Cientistas da China identificam possível hospedeiro do coronavírus

OMS fará nova reunião com especialistas para discutir coronavírus

Entre as medidas que poderão ser adotadas estão isolamento ou quarentena de pessoas, e o fechamento de portos, rodovias e aeroportos para entrada e saída do País.

Também poderão ser determinadas a realização compulsória de exames, testes laboratoriais, coleta de amostras clínicas, vacinação e outras medidas profiláticas e tratamentos médicos específicos.

Sem licitação
A lei, que tem vigência enquanto perdurar o estado de emergência, prevê dispensa de licitação para a compra de bens, serviços e insumos de saúde destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do coronavírus.

Casos suspeitos
O Ministério da Saúde informou nesta quinta (6) que monitora nove casos suspeitos de coronavírus no Brasil. No mundo, já foram registrados mais de 30 mil casos, com 638 mortes, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com informações da Agência Câmara.