Bolsonaristas pedem impeachment do governador Witzel

Compartilhe agora


Deputados bolsonaristas do PSL na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) protocolaram nesta terça-feira (18) um pedido de impeachment contra o governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), por supostos grampos ilegais para produzir dossiês contra parlamentares.

O deputado Dr. Serginho, líder do PSL na Casa e um dos idealizadores do pedido, disse que é necessária uma “investigação clara e rígida da intimidação do governo ao parlamento estadual”. Ele disse, ainda, que o caso será denunciado à Polícia Federal e ao Ministério da Justiça.

Além de Dr. Serginho, toda a bancada bolsonarista do PSL apoiou a medida. São coautores do pedido de impeachment os deputados Alana Passos, Anderson Moraes, Fernando Salema, Renato Zaca, Filippe Poubel e Márcio Gualberto.

LEIA TAMBÉM:

Gravíssimo. Um cadáver torturado no colo da esquerda???

A Folha repudia Bolsonaro, mas mantém intacto apoio a seu nefasto projeto econômico

Em nota, Folha diz que Bolsonaro quebrou o decoro da Presidência ao insultar Patrícia Campos Mello

Os parlamentares do PSL também acusam Witzel de usar o cargo para acessar informações sensíveis e vazar dados sigilosos – citam como exemplo a polêmica envolvendo a divulgação do depoimento de um porteiro do condomínio Vivendas da Barra, onde Jair Bolsonaro morava até assumir a Presidência.