Bancada do PT se reagrupa em torno do projeto Lula

Publicado em 18 fevereiro, 2020

Lula ao centro de senadores e deputados do PT. Foto: Gabriel Paiva
A bancada do PT no Congresso Nacional se reagrupou nesta terça-feira (18) em torno do projeto político chamado Lula.

O líder petista na Câmara, Enio Verri (PT-PR), disse que o Brasil pode voltar a ter esperança, desenvolvimento econômico, tecnológico, soberania, com inclusão social.

“Essa é a conclusão tirada da reunião das bancadas do PT, da Câmara dos Deputados e do Senado, com o melhor presidente da história do Brasil, Lula”, discursou.

A volta de Lula a Brasília, hoje, causou paúra em bolsonaristas e na velha mídia –sua incontinenti aliada nas sacanagens contra povo, tais como aumento de desemprego, fim da aposentadoria e direitos trabalhistas, enfim, no refúgio ao neoliberalismo econômico.

LEIA TAMBÉM
Lula sobre Bolsonaro: “Tá na hora dele aprender bons modos”

Gravíssimo. Um cadáver torturado no colo da esquerda???

Lula vai a Brasília e ‘funga no cangote’ de Bolsonaro

Além dos parlamentares, o encontro do PT também contou com a presença do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad.

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), por óbvio, foi o principal alvo dos petistas que confabulavam a volta ao poder em 2022.

“Bolsonaro aprofunda a miséria. A cada R$ 1 investido no Bolsa Família, R$ 1,78 volta para a formação do PIB. Hoje, há 3,5 milhões de pessoas na fila para receber o benefício, nos municípios mais pobres do Brasil. Mata de fome a população e paralisa o comercio local”, disparou Verri, que é economista.

O “Capetão” sentiu o bafo quente de Lula nas costas, segundo os petistas.