Ataque da Secom de Bolsonaro contra Petra Costa é criminoso, diz deputado

O ataque da Secretaria de Comunicação da Presidência da República contra a cineasta Petra Costa pegou mal e está gerando uma grande onda de revolta nas redes sociais.

Lideranças da oposição e jornalistas estão se manifestando em razão da flagrante ilegalidade no uso da máquina pública.

Confira o tuíte do deputado Paulo Pimenta (PT-RS):

Guilherme Boulos (PSOL) também comentou o ataque da Secom:

— Paulo Pimenta (@DeputadoFederal) February 4, 2020

LEIA TAMBÉM
Governo Bolsonaro tenta sabotar documentário brasileiro indicado ao Oscar

Documentário ‘Democracia em Vertigem’ é indicado ao Oscar

PSDB e MBL ‘surtam’ com indicação de Democracia em Vertigem ao Oscar

Pedro Bial apanha nas redes sociais por atacar ‘Democracia em Vertigem’

Democracia em Vertigem é um ‘alerta’ contra a extrema-direita, diz Petra Costa

A Secretaria de Comunicação da Presidência publicou uma nota no Twitter tentando sabotar a carreira internacional do filme Democracia em Vertigem que concorre ao Oscar. O texto diz que “a cineasta Petra Costa assumiu o papel de militante anti-Brasil e está difamando a imagem do País no exterior.”