71 senadores e deputados denunciam Bolsonaro à PGR por agressão a jornalista

Compartilhe agora

Um grupo de 71 senadores e deputados entrou com uma representação contra o presidente Bolsonaro na Procuradoria-Geral da República.

Eles argumentam que Bolsonaro quebrou o decoro “ao se utilizar de declarações potencialmente falsas para fazer insinuações levianas, sexistas, machistas e misóginas” contra a jornalista da Folha de S.Paulo, Patrícia Campos Mello.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou que esse é um ataque contra as mulheres e a democracia. Ele questionou o fato de um presidente da República proferir ataques contra jornalistas, a oposição e até o Congresso Nacional.

Randolfe disse que Bolsonaro atentou contra a dignidade humana, assegurada na Constituição, e as mulheres. Ele citou ainda que a representação tem como base um julgamento recente do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Fundamentamos este crime baseado inclusive no mandado de injunção julgado ano passado pelo Supremo Tribunal Federal, número 4.733, que estabeleceu que qualquer tipo de preconceito contra grupos vulneráveis, e se trata aqui da vulnerabilidade de ofensas às mulheres, compreende na sua dimensão social crime de todos os tipos”; declarou Randolfe.

Mas para o vice-líder do governo, senador Chico Rodrigues (DEM-RR), Bolsonaro não ofendeu a jornalista.

“O presidente Bolsonaro tem um jeito diferente de tratar várias situações, e, na verdade, sem nenhuma humilhação sem nenhum ataque, sem diminuir a qualidade a importância dos jornalistas. Às vezes, ele é provocado e qualquer ser humano quando provocado reage. Portanto, eu acho que isso é mais política do que mais um problema jurídico, um problema que possa levar o presente aos tribunais”; afirmou o senador.

Se o procurador-geral da República, Augusto Aras, acatar a representação, poderá oferecer denúncia ao STF por crime comum contra Bolsonaro.

Fonte: Agência Senado.

LEIA TAMBÉM
Por muito menos, mídia defendeu o impeachment de Collor e Dilma #ImpeachmentDeBolsonaro

Miriam Leitão, na Globo, pede o impeachment de Bolsonaro; assista ao vídeo

Reinaldo Azevedo pede cassação de Flávio e Eduardo Bolsonaro no Congresso Nacional

Cinema brasileiro é alvo de “sabotagem”, diz Kléber Mendonça

Requião: ‘procuradores do MPF têm mesma base genética de deputados’; assista ao vídeo