ministros bolsonaro

The Guardian mostra o governo Bolsonaro como desqualificado e perigoso

O jornal inglês The Guardian publicou uma longa matéria sobre o primeiro ano do governo Bolsonaro e seus principais personagens: o próprio presidente, seus filho e seus ministros.

O título da matéria é: ‘Desqualificados e perigosos’: os funcionários do governo de Bolsonaro. O texto aponta que “o presidente de extrema-direita do Brasil, Jair Bolsonaro, e seus filhos apaixonados por armas de fogo dominaram as manchetes durante seu primeiro ano no poder com suas declarações incendiárias, colapsos nas mídias sociais e vidas atingidas por escândalos.”

“A imprensa também deu espaço às excentricidades e idéias extremistas de seus principais assessores, incluindo o ministro das Relações Exteriores que insiste que a mudança climática é uma trama marxista e o ministro da Educação que gosta de tuitar sobre o hábito de seu cão de defecar nos principais jornais do Brasil.”

LEIA TAMBÉM
2020: É preciso uma resistência ativa contra Bolsonaro; por Milton Alves

Ouça a ‘Marchinha da Rachadinha’ dos Bolsonaro e Queiroz

Bolsonaro é a sequência do meu governo, confessa Temer

A matéria também traça perfis de outras figuras que habitam o governo, como o secretário especial da Cultura, Roberto Alvim; o presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Nascimento de Camargo; e o diretor da Funarte, Dante Mantovani.

Dá vergonha em saber que o mundo todo está olhando para essa caterva que comanda o Brasil há um ano.

As informações são do The Guardian. (Tradução livre)